Archives for Notícias

LISTA DOS PRÉ-SELECCIONADOS AO CONCURSO PARA INGRESSO À VAGA DE TÉCNICO SUPERIOR DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Nos termos do n°.1 do artigo 35 do Estatuto Geral dos Funcionários e Agentes do Estado, conjugado com os artigos ns 11 e 12 do Diploma Ministerial n. 61/2000, de 5 de Julho, para o provimento de 5 lugares, o Instituto Nacional de Governo Electrónico publica a lista dos pré-seleccionados para a fase de entrevista, para vaga de Técnico Superior de Tecnologias de Informação e Comunicação de N1.

Neste contexto, são convocados os pré-seleccionados para entrevista, a ter lugar no dia 21 de Março , pelas 09h30min, no Instituto Nacional de Governo Electrónico, localizado na Avenida Vladimir Lenine Nº 598 – Prédio Utomi Park, 7º e 8º andares.

Encontrem aqui a lista dos pré-seleccionados para entrevista

Ler Mais

Encerramento do I Curso de Capacitação em Gestão de Redes Avançadas promovido pelo INAGE

Encerrou na tarde de Sexta-feira, dia 11 de Março de 2022, no Centro de Dados do Governo, em Maluana, o I Curso de Capacitação em Gestão de Redes Avançadas para Técnicos do INAGE e Pontos Focais da MoRENet. A cerimónia de encerramento foi dirigida pelo Director-Geral do Instituto Nacional de Governo Electrónico, Ermínio Jasse.

O curso tinha como objectivos dotar os formandos de conhecimentos e habilidades técnicas para administrar a infra-estrutura de rede, aplicações e serviços da MoRENet, por forma a dar apoio e assistência técnica na resolução de problemas pontuais que forem reportados pelas instituições.

Na sua intervenção, o Director-Geral do INAGE, Ermínio Jasse, disse que depois desta capacitação, os formandos têm a missão de fazer diferente, pois, um curso só vale a pena efectivamente se for para promover mudanças.

De acordo com o Director-Geral do INAGE, os resultados esperados aquando da concepção deste curso, tenham sido alcançados na sua plenitude e os mesmos venham influenciar positivamente na administração de infra-estruturas de rede, aplicações e serviços, bem como o apoio e assistência técnica na resolução de problemas que forem reportados a nível das instituições.

Por sua vez, os formandos enalteceram a iniciativa da organização, pois afirmam terem saído do curso com ferramentas que lhes irá permitir de forma mais profissional encontrar soluções para os desafios que as instituições enfrentam.

Participaram nesta acção de Capacitação 32 formandos oriundos de Maputo-Cidade, Província de Maputo, Gaza, Inhambane, Sofala, Manica, Tete, Zambézia, Nampula, Niassa e Cabo Delgado.

Ler Mais

INAGE através da MoRENet realiza Curso Gestão de Redes Avançadas

O Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE), através da Rede de Instituições de Ensino Superior e de Investigação de Moçambique (MoRENet), realiza no Centro de Dados do Governo em Maluana, Distrito da Manhiça, Província de Maputo, um curso capacitação em Gestão de Redes Avançadas.

O curso visa capacitar os beneficiários a desenvolver capacidades e habilidades técnicas para administrar a infra-estrutura de rede, aplicações e serviços da MoRENet, por forma a dar apoio e assistência técnica na resolução de problemas pontuais que forem reportados pelas instituições.

Intervindo na cerimónia de abertura da capacitação, o Director-Geral do INAGE, Ermínio Jasse, disse que o curso cobre as áreas de Redes, Sistemas e Aplicações, e Segurança Cibernética, em instituições ligadas a MoRENet.

Na ocasião, Jasse afirmou que o curso tem duas componentes, sendo uma presencial e outra visitas de estudo tem como finalidade o aperfeiçoamento do aprendizado e consolidação do conhecimento adquirido no curso; resolução de problemas reais e situações concretas que as instituições enfrentam no seu dia-a-dia; socialização e troca de contacto entre os quadros da MoRENet e os profissionais das instituições ligadas a MoRENet, bem como conhecimento da realidade e do ambiente onde são realizadas as actividades.

O Director-Geral disse ainda, ser expectativa da direcção do INAGE, que no fim do ciclo de formação em gestão de redes avançadas, os beneficiários da capacitação estejam em condições de melhorar a infra-estrutura de redes de computadores das instituições beneficiárias dos serviços da MoRENet; garantir a segurança da informação e protecção da infra-estrutura de rede face às ameaças constantes; e assegurar a disponibilidade dos serviços oferecidos pela MoRENet.

Participam no curso um total de 32 gestores das instituições ligadas à rede de instituições de ensino superior e de investigação de Moçambique (MoRENet), das delegações provinciais do Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) e do INAGE-Sede, beneficiam-se de capacitação em gestão de redes avançadas.

Ler Mais

Instituto Nacional de Governo Electrónico através da MoRENet realiza Curso Gestão de Redes Avançadas

O Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE), através da Rede de Instituições de Ensino Superior e de Investigação de Moçambique (MoRENet), realiza entre os dias 07 e 11 de Março de 2022, no Centro de Dados do Governo em Maluana, Distrito da Manhiça, Província de Maputo, Curso de Capacitação em Gestão de Redes Avançadas.

O curso tem como objectivo capacitar os beneficiários a desenvolver capacidades e habilidades técnicas para administrar a infra-estrutura de rede, aplicações e serviços da MoRENet por forma a dar apoio e assistência técnica na resolução pontual dos problemas que são apresentados.

O curso de capacitação, é destinado para quadros de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), das Delegações Provinciais do INAGE que passarão a dar assistência técnica na resolução de problemas pontuais reportados pelas instituições ligadas a MoRENet.

Participam também no curso técnicos de TIC das instituições que beneficiam dos serviços da MoRENet que actuam como pontos focais, quadros de TIC do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) e do INAGE-Sede.

Com o conhecimento a ser adquirido na formação, os profissionais estarão habilitados a contribuir na optimização do funcionamento da rede local nas instituições, permitindo incremento da produtividade, melhoria da qualidade da rede, garantindo assim a disponibilidade dos serviços e dos produtos oferecidos pela MoRENet.

O curso é realizado em duas componentes, sendo uma de aulas presenciais, a decorrer entres os dias 07 e 11 de Março de 2022, e outra de visitas de estudo agendada para dias 14 e 16 de Março de 2022.

Ler Mais

INAGE desafiado a acelerar a transformação digital no país

O Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE), foi exortado para implementar projectos que promovam a aceleração da transformação digital em todo território moçambicano, bem como a maximizar a coordenação de actividades realizadas no país, no sector das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

Falando na cerimónia de abertura do II Conselho Consultivo do INAGE, realizado no Distrito de Matutuíne, província de Maputo, o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), Daniel Daniel Nivagara, desafiou o INAGE a formar funcionários públicos, jovens e mulheres em competências digitais para permitir uma rápida integração do país na economia digital e massificar o uso das TIC, no âmbito da inclusão digital.

O II Conselho Consultivo do INAGE, teve como lema “Governação Electrónica e Papel das Tecnologias de Informação e Comunicação no Desenvolvimento no País”, e foi realizado com o objectivo de fazer a apreciação do grau de realização dos programas anuais, periódicos e a execução orçamental, bem como reflectir sobre os desafios e perspectivas de planificação e monitonia de actividades para 2022.

O Ministro Daniel Daniel Nivagara, disse que a reunião realiza-se num momento importante para Moçambique, pois o INAGE encontra-se numa fase de estruturação institucional, falando propriamente aos instrumentos legais internos, compromissos e oportunidades de novas parcerias.

Ainda no evento, Nivagara exortou o INAGE a promover, de forma contínua e crescente, a modernização administrativa do Estado Moçambicano, visto que isso é um dos principais pressupostos para a melhoria da prestação de serviços ao cidadão. “Esperamos que esta instituição se afirme cada vez mais e que lidere a implementação de iniciativas do governo electrónico no país, consolide a gestão da plataforma comum de comunicação de dados e de interoperabilidade dos sistemas digitais do Estado”.

O II Conselho Consultivo permitiu assegurar o alinhamento estratégico da instituição, consolidação da estrutura orgânica central e suas delegações provinciais, contribuindo, deste modo, para maior capacidade e possibilidade do cumprimento satisfatório dos reais compromissos do sector na área das TIC.

Participaram no II Conselho Consultivo do INAGE, membros do Conselho de Direcção do INAGE, nomeadamente, Director-Geral, Director Geral Adjunto, Directores Nacionais, Chefes de Departamento Autónomo, Chefes de Departamento Central, Delegados Provinciais e entre outros convidados.

Ler Mais

CNCT desafiado a emitir parecer que contribui para o conhecimento científico

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, reitera o apelo aos membros do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CNCT) para a emissão de pareceres com elevada responsabilidade e abnegação, para que o conhecimento científico, inovação, o desenvolvimento tecnológico e da transferência de tecnologias possam contribuir para o crescimento e desenvolvimento socioeconómico do país.

O apelo foi lançado sexta-feira, dia 3 de Dezembro do ano corrente, em Maputo, durante a I Sessão Ordinária do CNCT, órgão de consulta do Conselho de Ministros, que exerce a função de articular e promover políticas, estratégias e programas nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Durante a sessão, a tónica dominante dos assuntos gravitou em torno da apreciação e aprovação do Regulamento de Funcionamento do CNCT; apreciação da proposta do Projecto de Criação do Centro de Estudos Científicos de Bazaruto (BCSS) e do Projecto de Criação do Centro de Investigação Científica Megafauna Marinha (CIMM); apreciação do ponto de situação da revisão da Política de Ciência e Tecnologia (PCT) e da elaboração da nova Estratégia de Ciência, Tecnologia e Inovação de Moçambique (ECTIM); e apreciação da metodologia de produção dos inquéritos do sector de Ciência e Tecnologia.

Segundo o Presidente do órgão, Daniel Nivagara, o CNCT vai utilizar os saberes diferenciados, as experiências acumuladas e evidências científicas geradas pelas diferentes instituições que compõem o órgão, para se pronunciar sobre o desenvolvimento de políticas, estratégias, programas e instrumentos normativos ligados à Ciência, Tecnologia e Inovação no país.

“Temos plena consciência de que os desafios para a transformação da Ciência, Tecnologia e Inovação gerada pelas nossas Instituições de Ensino Superior (IES) e Instituições de Investigação Científica (IIs) em benefícios práticos, tangíveis e estruturantes à nossa sociedade são enormes, mas tal realidade desejável pode ser alcançada se optarmos pela cooperação, pela complementaridade de sinergias, pela coordenação intra e inter-institucionais, pelo rigor e pelo profissionalismo, valores que gostaríamos que este Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CNCT) adoptasse e os maximizasse”, sublinhou.

Para Nivagara,  os órgãos da natureza do CNCT são importantes, visto que possibilitam que a acção governativa seja suportada por um processo inclusivo de consultas dos diferentes actores que intervêm no sistema, promovendo-se, por conseguinte, maior eficiência nas decisões e eficácia nos resultados esperados.

Referir que este colectivo se reúne após ter permanecido tempo considerável sem se encontrar, deliberar e emitir pareceres atinentes ao desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação no nosso país, com os constrangimentos daí decorrentes. Por essa razão, visando definir as atribuições e ajustar as competências e o funcionamento do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CNCT), de modo a adequá-lo à dinâmica actual do sector de Ciência e Tecnologia, o Conselho de Ministros aprovou o Decreto no. 65/2021, de 2 de Setembro, revogando, por conseguinte, o Decreto no. 32/2006, de 30 de Agosto. (O País)

Ler Mais

Moçambique participa na XIV Conferência Internacional UbuntuNet Connect 2021 através da MoRENet

Moçambique participou na XIV Conferência Internacional da UbuntuNet Connect 2021, que decorreu entre os dias 10 e 12 de Novembro de 2021, na Cidade de Livingstone, Zâmbia, através de uma delegação chefiada pelo Director-Geral do Instituto Nacional de Governo Electrónico, Ermínio Pita Jasse.

Esta magna reunião, teve como objectivos, discutir e debater matérias sobre as actividades, desafios e inovações relacionadas com o desenvolvimento, funcionamento e expansão das redes nacionais de educação e pesquisa em África, bem como partilhar e colher experiências de resposta aos desafios impostos pela COVID-19.

A XIV Conferência da UbunuNet, decorreu sob lema:Turning Challenges into Opportunities: Research and Education Success Stories During Covid-19, reuniu profissionais da comunidade de redes de investigação e educação, investigadores, decisores políticos, académicos, provedores de serviços de conectividade, e profissionais de conhecimentos especializados de toda a África e não só.

Integram a delegação moçambicana, Moises Mucelo, Gestor da Academia MoRENet e Clementina Mataveia, Gestora Administrativa e Financeira da MoRENet, que para além de participar na conferência, tomaram parte das sessões paralelas do evento, especificamente na 65ª Reunião do Conselho de Administração da UbuntuNet Alliance (65th Meeting of Board of Trustees of UbuntuNet Alliance), os Directores das NRENS, da Reunião do Comité Técnico da UbuntuNet Alliance e Administrativos das NRENs.

A delegação moçambicana, participou na XIV Conferência Internacional da UbuntuNet, na qualidade de gestor da Rede de Educação e de Investigação de Moçambique (MoRENet), que interliga pessoas e instituições num ecossistema de comunicação que permite a produção e partilha de conhecimento e visando facilitar, a troca e disseminação do onhecimento, bem como promover a investigação, aproximar as instituições científicas e académicas, ao sector produtivo e reduzir as distâncias entre investigadores, docentes e estudantes.

A MoRENet é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, implementado através do Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE).

Ler Mais