Archives for Notícias

Moçambique participa na XIV Conferência Internacional UbuntuNet Connect 2021 através da MoRENet

Moçambique participou na XIV Conferência Internacional da UbuntuNet Connect 2021, que decorreu entre os dias 10 e 12 de Novembro de 2021, na Cidade de Livingstone, Zâmbia, através de uma delegação chefiada pelo Director-Geral do Instituto Nacional de Governo Electrónico, Ermínio Pita Jasse.

Esta magna reunião, teve como objectivos, discutir e debater matérias sobre as actividades, desafios e inovações relacionadas com o desenvolvimento, funcionamento e expansão das redes nacionais de educação e pesquisa em África, bem como partilhar e colher experiências de resposta aos desafios impostos pela COVID-19.

A XIV Conferência da UbunuNet, decorreu sob lema:Turning Challenges into Opportunities: Research and Education Success Stories During Covid-19, reuniu profissionais da comunidade de redes de investigação e educação, investigadores, decisores políticos, académicos, provedores de serviços de conectividade, e profissionais de conhecimentos especializados de toda a África e não só.

Integram a delegação moçambicana, Moises Mucelo, Gestor da Academia MoRENet e Clementina Mataveia, Gestora Administrativa e Financeira da MoRENet, que para além de participar na conferência, tomaram parte das sessões paralelas do evento, especificamente na 65ª Reunião do Conselho de Administração da UbuntuNet Alliance (65th Meeting of Board of Trustees of UbuntuNet Alliance), os Directores das NRENS, da Reunião do Comité Técnico da UbuntuNet Alliance e Administrativos das NRENs.

A delegação moçambicana, participou na XIV Conferência Internacional da UbuntuNet, na qualidade de gestor da Rede de Educação e de Investigação de Moçambique (MoRENet), que interliga pessoas e instituições num ecossistema de comunicação que permite a produção e partilha de conhecimento e visando facilitar, a troca e disseminação do onhecimento, bem como promover a investigação, aproximar as instituições científicas e académicas, ao sector produtivo e reduzir as distâncias entre investigadores, docentes e estudantes.

A MoRENet é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, implementado através do Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE).

Ler Mais

Cerimónia de tomada de posse da Delegada Provincial do INAGE-Nampula

Teve lugar no dia 04 de Novembro de 2021, a cerimónia de tomada de posse da Delegada do INAGE da Província de Nampula, O evento foi dirigido pelo Secretário de Estado da Província de Nampula, Mety Gondola.  

Trata-se da Isabel Lucas Venâncio Macaliha, que passa a exercer em comissão de serviço as funçoes de Delegada Provincial do INAGE, na Provincial de Nampula. Na mesma cermónia, tomaram posse outros quadros da Administração Pública, nomeadamente, Administrador do Distrito de Mongicual, Inspectora dos Serviços de Representação de Estado e Chefe de Departamento nos Serviços Provinciais de Economia e Finanças.  

Durante a cerimónia, o Secretário de Estado da Nampula, exortou os empossados a exercerem as funções para as quais foram confiados com zelo, dedicação e proactivismo, alicerçando-se numa correcta e regular planificação, gestão, monitoria e avaliação de actividades, processos e procedimentos, em estrito respeito pelas Leis e Normas de Funcionamento da Administração Pública, bem como a observância escrupulosa do princípio da Integridade na Administração Pública.

Ler Mais

Banco Mundial aprova apoio a governação digital de Moçambique

O Banco Mundial aprovou, há dias, em Washington DC, nos Estados Unidos da América, uma doação no valor de 150 milhões de dólares da Associação Internacional de Desenvolvimento, em apoio ao Projecto de Governação e Economia Digital do Governo de Moçambique.

Pretende-se, com este donativo, aumentar o acesso à identificação civil, serviços públicos digitais e melhorar as oportunidades de negócios digitais.

Um comunicado do Banco Mundial, indica que este projecto está em consonância com as prioridades do país, delineadas no seu Plano Quinquenal e no Quadro de Parceria do Grupo Banco Mundial com Moçambique para o período fiscal de 2017 a 2022.

A Associação Internacional de Desenvolvimento é uma das maiores fontes de assistência para os 76 países mais pobres do mundo, sendo que 39 dos quais estão em África. (RM)

Ler Mais

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior visita o INAGE

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Prof. Doutor Daniel Daniel Nivagara, efectuou no dia 27 de Outubro de 2021, uma visita de trabalho ao Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE), com objectivo de conhecer as novas instalações e inteirar-se do funcionamento desta instituição tutelada.

Durante a visita, o Ministro Nivagara escalou as direcções nacionais de Transformação Digital, Segurança Cibernética e Infra-Estrutura da Rede de Governo, os Departamentos de Recursos Humanos, das Finanças, Planificação e Cooperação, Aquisições e Jurídico. 

Para além de se inteirar do funcionamento da instituição, o Ministro Daniel Daniel Nivagara orientou uma reunião, na qual garantiu aos funcionários que os direitos conquistados não serão perdido, mas que para fazer face e ultrapassar algumas situações, é preciso apostar na comunicação, formação de recursos humanos e na aceleração da realização dos actos administrativos, tanto a nível do INAGE-Sede, bem como nas Delegações Provinciais.

Depois de traçar uma radiografia do INAGE, o Ministro Nivagara instou os funcionários a adoptarem comportamentos de gestão que contribuam para o cumprimento dos planos de actividades, para o alcance das metas.  “É preciso uma comunicação flexível e um trabalho arduo, envolvendo todos sectores, para atingir as metas aquí definidas, com vista, a celebrar-se vitórias”, acrescentou Nivagara.

O encontro, contou com a participação do Inspector-Geral da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Director Nacional Adjunto da Administração e Recursos Humanos do MCTES, Direcção Geral do INAGE, membros do Conselho de Direcção e dos funcionários em geral.

Ler Mais

Funcionários do INAGE capacitados no uso da Plataforma CloudGov

O Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE), realizou entre os dias 06 e 08 de Outubro do ano corrente, um seminário de capacitação dos seus funcionários em matéria de uso da Plataforma CloudGov. A capacitação enquadra-se numa série de iniciativas levadas a cabo pela Direcção de Transformação Digital (DTD), e envolveu cerca de 24 funcionários e colaboradores de diferentes unidades orgânicas.

O Seminário de capacitação visava dotar os funcionários e colaboradores do INAGE de ferramentas, conhecimentos e capacidades, para o uso da Plataforma Cloudgov um dispositivo que serve para partilhar, arquivar e editar os documentos de forma colabotrativa entre os funcionários no exercício das suas actividades.

A capacitação em CloudGov, foi ministrada, pelos técnicos do INAGE, Ivo Matavele e Edson Gomes.

Ler Mais

MINISTRO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR VISITA DELEGAÇÃO PROVINCIAL DO INAGE DE NAMPULA

No contexto da visita de trabalho que realizou à Província de Nampula, o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Prof. Doutor Daniel Daniel Nivagara, escalou, no dia 11 de Setembro de 2021, a Delegação Provincial do Instituto Nacional de Governo Electrónico (DPINAGE). A visita tinha como objectivo o acompanhamento das actividades desenvolvidas no âmbito da prestação de serviços digital ao público pela Delegação do INAGE da província em Nampula. 

Durante a visita efectuada na Delegação Provincial do INAGE de Nampula, o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, interagiu com funcionários visando aferir o normal decurso das actividades e visitou sucessivamente as salas de formações, servidores entre outras salas das instalações da DPINAGE.

Ainda no âmbito desta deslocação à Delegação Provincial do Instituto Nacional de Governo Electrónico de Nampula, o Ministro Nivagara, orientou um encontro com o colectivo de direcção, funcionários e demais colaboradores.

O Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE), é uma instituição pública, tutelado pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, e que foi criado pelo Governo de Moçambique através do Decreto N° 61/2017 de 06 de Novembro, com o objectivo elabora e implementar as soluções tecnológicas transversais para Administração Pública e para prestação serviços de Governo Electrónico.

Ler Mais

Governo aprova Política e Estratégia Nacional de Segurança Cibernética

O Governo moçambicano aprovou hoje dois importantes documentos de orientação para a governação cibernética no país, a Política Nacional de Segurança Cibernética e a Estratégia Nacional de Segurança Cibernética.

Com o acto, o Governo não só deu crédito ao seu compromisso com a digitalização, mas também deu um importante passo rumo ao reposicionamento do país na competitividade digital, em particular no capítulo de segurança cibernética, onde, segundo a avaliação de 2018, Moçambique ocupava o 132º lugar, num ranking de 194 países.

Da União Internacional de Telecomunicações (UIT), o Índice Global de Segurança Cibernética (GCI) avalia medidas legais, técnicas, organizacionais tomadas pelos países para modelar a governação cibernética e promover o desenvolvimento de capacidades cibernéticas e cooperação internacional em matéria de segurança cibernética.

Em 2018 e 2019, a culminar com um processo de revisão da primeira Política de Informática, de 2000, o Governo aprovara a Política para Sociedade de Informação e a estratégia de implemente respectivamente, cujo plano operacional (2019/2023), com cerca de uma centena de projectos, esta em avaliação.

No novo documento, o Governo apresenta uma visão, uma ambição por um espaço cibernético seguro e resiliente para Moçambique, onde a sociedade esta mais consciencializada em matérias de segurança cibernética.

Para o efeito, a política estabelece princípios e objectivos que orientam para uma segurança cibernética sustentável, estruturada em seis pilares a destacar: i) liderança e coordenação, ii) protecção de infra-estruturas criticas de informação, iii) protecção de activos de informação, iv) legal e regulatório, v) desenvolvimento de capacidade, pesquisa e inovação e vi) cultura de segurança cibernética e consciencialização.

A estratégia de implementação comporta 25 projectos a implementar até 2025, através de um quadro de governação coordenado por um conselho multissectorial, chamado Conselho Nacional de Segurança Cibernética, liderado pelo ministro que tutela o pelouro das tecnologias de informação e comunicação, integrado por representantes das áreas da defesa, lei e ordem, comunicações, finanças, educação, saúde e outras, incluindo a comunidade empresarial, académica e sociedade civil.

Entre os projectos de segurança cibernética a implementar nos próximos cinco anos, com as respectivas metas e indicadores de resultados, destacam-se Equipas de Resposta a Incidentes de Segurança Computacional (CSIRTs), o mapeamento de infra-estruturas críticas de informação, a revisão do quadro legal, o estabelecimento de sistemas de mitigação e alerta sobre incidentes cibernéticos, a inovação e consciencialização pública em matéria de segurança cibernética.

Fonte: INTIC

Ler Mais

Delegação Provincial do INAGE de Cabo Delgado promove massificação do uso das TIC

O Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE) através da sua delegação em Cabo Delgado, promoveu de 05 de Julho a 20 de Agosto do ano em curso, a formação e capacitação de 25 jovens, no uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

A capacitação, enquadra-se no plano de implementação de programa de formação e desenvolvimento de habilidades na área das TIC para os funcionários e agentes de Estado, estudantes e sociedade civil.

O INAGE tem estado a liderar processo de formação e capacitação em TIC para vários seguimentos da população moçambicana com vista, a dotar estes de conhecimentos e habilidades para sua inserção no mercado de trabalho, bem como a promoção da inclusão digital.

Ler Mais

Director – Geral do INAGE recebe em audiência a Vice-Reitora da UniLicungo

O Director-Geral do Instituto Nacional de Governo Electrónico, Ermínio Pita Jasse, recebeu esta segunda-feira, em audiência, a Profa. Drª Brígida Singo, Vice-Reitora Académica da Universidade Licungo (UniLicungo).

O encontro tinha como objectivo principal discutir os critérios e viabilização da adesão da Universidade Licungo à Rede Moçambicana de Ensino Superior e de Pesquisa (MoRENet).

A MoRENet faz parte da família de Redes de Ensino Superior e de Pesquisa (NREN), que em várias partes do mundo prestam soluções dedicadas às necessidades do sector académico e é uma plataforma para o desenvolvimento científico e de partilha de informação entre estudantes, académicos e investigadores.

O objectivo principal da Rede Moçambicana de Ensino Superior e Pesquisa – MoRENet é integrar as instituições de Ensino Superior e de pesquisa numa rede de alta velocidade nacional, disponibilizando serviços de qualidade e de sustentabilidade económica, tecnológica e institucional de modo a ser um parceiro fundamental no desenvolvimento da comunidade académica moçambicana.

Ler Mais